“Googlando” produtos e serviços: A publicidade segmentada na era 2.0

23 06 2009

Por Acauã Pyatã (CS1P34 – Darwin – CSPP – 1º Semestre)

Olá pessoal, hoje tive a ideia de escrever sobre uma forma de se fazer publicidade que pelo menos ao meu parecer não é muito difundido em nossas faculdades e universidades da região norte e nordeste, até mesmo nas instituições privadas onde a formação é quase que puramente mercadológica, por isso prestem muita atenção neste artigo, pois na região norte ele abre um bom nicho de mercado publicitário a ser explorado, que eu pessoalmente já tenho um certo contato por desenvolver atividades nesse contexto e agora resolvo dividir com vocês.

A internet em muitos aspectos gera possibilidades de interação, negócios, democratização da informação e principalmente da segmentação de usuários de uma forma incrível, visto que a internet em si é um grande banco de dados que grava as informações de casa usuário que entra em co0ntato e navega por suas infinitas teias virtuais deixando rastros, que por sua vez, permite trassar um perfil de gostos e afinidades, gerando definitivamente uma formidável SIM (Sistema de Informação em Marketing) que possibilita dentro de publicidade, direcionar os anúncios de produtos e serviços ao público de interesse com uma forma quase mística.

Uma das maiores empresas da internet do mundo, o Google apresenta duas ferramentas como solução para publicidade na internet que consagra o já conhecido estilo de banners promocionais, propagandas institucionais, podendo ir até mesmo a aqueles vídeos publicitários veiculados logo na primeira página do Youtube. Contudo, existe uma forma de se utilizar o google na era da WEB 2.0 (um novo padrão de interatividade), que é através dos recursos Google AdWords e o Google AdSense.

google1

Tela principal do "Soluções Publicitárias" do Google

O Google AdWords é uma ferramenta que funciona como um gestor online de uma conta publicitária, onde o anunciante ou operador da conta cadastrada compra créditos para poder investir em anúncios, créditos estes que vão sendo gastos a medida que você cria e na seqüencia veicula campanhas, como define o próprio sistema de gestão do site, para ser exibido no mecanismo de busca do Google, em blogs do Blogspot ou em sites afiliados. Mas como isso funciona? Ao cadastrar uma campanha no site, que é feita de forma simples, onde você inclui um título, em seguida um texto falando sobre o produto ou serviço e por fim se informa TAG’s (palavras relacionadas) que servem para ajustar a exibição dos anúncios quando veiculados de forma facilitada. Mas como isso funciona na pratica? Simples.

Suponhamos que você vá ao Google fazer um trabalho da matéria de fotografia que se ministra no segundo semestre de nosso curso la na FAPAN, daí então você está pesquisando sobre câmeras fotográficas profissionais Reflex. Você irá perceber na lateral direita do site alguns anúncios publicitários, com um pequeno título, um texto breve falando sobre e um link com um endereço da web de uma loja virtual ou telefone quem sabe, algo similar ao da figura neste artigo.

Isso revela claramente o poder de segmentação, e justamente neste momento que entra aquilo que quase ninguém entende como funciona… a TAG. De acordo com as palavras que você digitou no campo de tags quando o anuncio foi gerado no Adwords, foi feita uma comparação automática do sistema com as palavras que você empregou no campo de pesquisa do site de busca do Google, e é exatamente este o segredo dos anúncios segmentados na internet, o que é uma verdadeira maquina de dinheiro porque acredite, anunciar para quem realmente está interessado na informação a fim, vira e meche da certo.

google2

Anúncios gerados pelo Google AdWords

O Google AdSense é um outro momento, onde através do gestor online, você que tem um site, pode selecionar anúncios que foram gerados por outros usuários anunciantes do AdWords, e também por pesquisa de tag, selecionar de acordo com o tema que seu site ou blog trate, os anúncios de interesse do público que acessa seu site, e o principal, lucrar com isso, pois ai entra a questão do credito investido pelo anunciante, pois ele é repassado diretamente ao que veicula o anuncio em seu site a cada clique que alguém dê ao visitar. Visando isso percebe-se uma forma bem pratica de fazer anúncios a um baixo custo, onde pessoas de diversos lugares poderão veicular seus anúncios, e ainda ganharam para isso, visto que você também pode lucrar, e está relação de troca que existe permite que a maquina publicitária na internet tenha um resposta de retorno extremamente incrível, claro que, funcionando para anunciantes de grande porte como grandes lojas virtuais, lojas nacionalmente conhecidas e prestadores de serviço de abrangência vasta para atendimento ao publico.

google3

Anúncio inserido pelo Google AdSense no blog Pó de Vídeo

Existem profissionais, como no meu caso, que se especializaram em prestar consultoria em publicidade para internet, e está opção de atuação no ramo publicitário além de simples e eficaz é altamente rentável para o publicitário que executa a consultoria, uma vez que não somente eu, mas vários profissionais em especial do eixo centro-sul cobram a hora de consultoria que pode variar de R$ 50,00 (cinquenta reais) a R$ 160,00 (cento e sessenta reais), onde você executa a função de atendente, verificando qual o objetivo do anunciante, seu segmento e principalmente seu publico alvo, e em seguida executa a função de redator publicitário, para bolar os textos do anúncio. Informo também que existem outras formas de publicidade na internet que vão alem das soluções do Google, mas as demais são tema para outro artigo, pois interessa apenas por hora discutir estas duas ferramentas que recomendo e assino em baixo. Que tal ir no site do Google, na parte de soluções publicitárias e dar uma fuçadinha?

Abraços do índio e até a próxima!

Anúncios




Para lavar a alma… um banho de cerveja

13 03 2009

Por Acauã Pyatã.

Calma… calma, sei que teve gente ai que se empolgou e que sentiu o cheiro do álcool de longe, mas este artigo não tem o objetivo de tratar diretamente da cerveja como objeto de farra (risos), mas como objeto de publicidade, como um produto. Todos nós diariamente podemos acompanhar várias propagandas de cervejas nos veículos de mídia, Bramah, Cerpa, Skol, Kaiser, Bohemia e por ai vai, e todos nós já estamos cansados de perceber e saber a forma com que tais anúncios são feitos, sempre com aquele apela sexual, então como diria o professor Alexandre Anaisse, vamos segmentar o típico comercial de cerveja brasileiro e paraense:

  1. Segmentação demográfica por gênero: Masculino.
  2. Segmentação demográfica por idade: A partir dos 18.
  3. Segmentação psicográfica comportamental: maníacos tarados e pessoas com hábitos e vícios.

Essa é a segmentação básica, que me vem na mente no momento, como estudante do primeiro semestre do curso não tenho muito recurso teórico ainda, mas os colegas mais avançados podem comentar complementando o artigo (risos). Se fossemos traçar um briefing básico do mesmo tipo de propaganda seria entre outras palavras, a grosso modo mais ou menos assim:

  1. Publico alvo: Homens tarados.
  2. Instrumentos de mídia: Tv, rádio, jornais, internet, outdoor, bus door e etc.
  3. Objetivo: Fazer as pessoas beberem e beberem.
  4. Idéia principal: Que a vida é um bacanal e uma aventura constante.
  5. Estratégia: Imputar a idéia que o ser que bebe cerveja mesmo que seja baixinho, careca e gordo (Kaiser), pode se rum pegador, porque cerveja é associado ao signo de mulheres que te servem e submetem-se a você e suas insanas fantasias alcoólicas. Ou seja, a vida é uma orgia.
  6. Resultado: Nos chamam de idiotas acéfalos, e o pior, a gente ainda cai.

Podemos perceber que muita coisa esta inserida na produção dos anúncios e propagandas de cerveja, muita coisa mesmo, menos idéias criativas. A forma brasileira de se promover propaganda de cerveja além de algo tosco, é sempre repetitivo, e isto é muito bom, porque meu caro colega, isso nos ensina exatamente o que não fazer como futuros publicitários, ou seja, não subestimar a inteligência do consumidor.

O objetivo deste artigo na verdade não é falar mau das propagandas de cerveja, pois elas por si só já falam por si (risos), mas mostrar que existe vida inteligente nas propagandas de cerveja, e ao contrario das verdadeiras garfes publicitárias (a Cerpa que o diga), pode-se fazer propaganda de cerveja inteligente e criativa, de forma a se muito mais efetiva ao consumidor do que as que somos submetidos em nossa realidade regional e nacional. Para tal fim, pesquisei na internet algumas propagandas de cerveja interessantes e disponibilizei aqui, para que possamos somar elas ao nosso portfólio mental, a nosso roteiro como boas idéias para futuros trabalho. Super abraço, e agora com vocês, as estrelas desse show:





Propaganda pra dentro da cabeça

12 03 2009

Por Acauã Pyatã,

Muitas vezes o público tem a mania de automaticamente relacionar a publicidade e propaganda mais com elementos comerciais do que com outras formas de exposição, mas nós como estudantes de comunicação social, habilitados para publicidade e propaganda, sabemos que existe na propaganda muito mais que simplesmente a exposição de um produto ou serviço. Existem propagandas que carregam verdadeiros “life style’s”, ou simplesmente tem apenas o objetivo de difundir uma informação ou idéia, e esses anúncios geralmente ganham um sentido mais institucional, como por exemplo as campanhas da APAE-PA, ou aquelas brilhantemente produzidas relacionadas a portadores de necessidades especiais, contra o alcoolismo ou até mesmo, em campanhas contra o sexo inseguro.

Nesse verdadeiro mar de informações existem anúncios que são verdadeiras obras de arte, que mostram o verdadeiro poder da propaganda como elemento de formação de conceitos, não somente para o consumo, ou para a aquisição de bens e serviços, mas principalmente para o social, difundindo idéias e incentivando comportamentos que visam a melhoria do ser humano, não estando estes anúncios relacionados a questões comerciais.

Imagine um produto a ser exposto, difundido, e vendido. Um produto que está disponível a todos nós diariamente, que não custa simplesmente nenhum centavo, ah não ser a força de vontade, que é distribuído de graça, a tantos quantos quiserem, e todo dia é deixado para você dentro de sua casa, no seu trabalho, dentro do carro e em todo canto onde você vá, isto são idéias, conceitos e incentivos da forma de pensamento. Muitas vezes pessoas tem esses produtos a sua disposição, algumas fazem uso dele e outras não, as que fazem uso, reagem de variadas forma a utilização dele. Idéias, conceitos e comportamentos! Como vender isto o público? Ao consumidor?

Eu acredito que esta seja uma questão que assombra muitos publicitários e principalmente muitos estudantes como eu de publicidade e propaganda, principalmente partindo do pressuposto de que, dominar esta habilidade define simplesmente o sucesso da campanha que vá se produzir ou anuncio uma vez que ela é empregada de forma comercial ou não, e é muito importante sempre ter em mente e vislumbrar as infinitas possibilidades que podem ser geradas, não somente para o consumo, mas também para a melhoria coletiva e social através da força do pensamento, algo que pode ser sim muito incentivado pela propaganda de forma positiva.

Eu selecionei dois comerciais para TV que achei muito interessantes, ambos não foram produzidos aqui, o primeiro é de uma agência de Londres, acerca do desarmamento, e o segundo vídeo é uma campanha desenvolvida em Paris para combate do HIV, ambas muito interessantes e brilhantes, que estão aqui disponíveis agora para que todos nós possamos acrescentar estas idéias brilhantes ao nosso portfólio pessoal para futuras referencias. Até o próximo artigo!