2ª Quarta do Reclame- Fotos

11 06 2009
DSC02640

Galera da FAPAN em peso mais uma vez na 2ª Quarta do Reclame

Estão liberadas as fotos da 2ª Quarta do Reclame no Dom Spetto.

Clique Aqui!

Anúncios




E se foi o ERECOM

22 04 2009

Por Acauã Pyatã (CS1P34 – CSPP – 1º Semestre – Darwin)

ereEis que em fim acabou o ERECOM 2009, que aconteceu dos dias 17 a 21 de abril em nossa queria cidade de Belém. Trazendo a propostas temas diversos como rádio e TV digital, curriculum acadêmico, sociedade e vários outros temas inseridos no contexto da comunicação, todos abrigados de baixo do guarda chuva da temática maior, a Democratização da comunicação, este evento contou com mesas de discussão, grupos, debates, trabalhos, oficinas e uma infinidade de outras atividades que serviram de elo para estabelecer uma relação e consenso maior entre os estudantes de comunicação social em suas diversas habilitações vindos de vários cantos do norte e nordeste do Pais. Dentro da proposta do evento foram sinalizados fatores de cunho social importantíssimos que envolvem a comunicação, como por exemplo a presença e discurso de um líder de rádios comunitárias, que trouce ao conhecimento a profunda discussão das politicas publicas voltadas para os meios de comunicação, em especial os meios feitos de forma popular, onde sinalizou ele, que tem havido repressão dos meios de comunicação comunitários, com apreensão de equipamentos e lacramento de tais rádios pela PF.

O evento ocorreu de forma muito interessante, sem grandes complicações, de tal forma que os alunos da FAPAN que foram certamente ficaram com ótimas lembranças dos vários temas que serviram certamente para expandir nosso repertório e que aguardem, dará muito pano para manda de artigos a serem futuramente publicados neste blog. O ERECOM 2009 em Belém acabou, ficou a lembrança de grandes amizades, pessoas interessantes vindas de longe e que certamente nos encontraremos em futuros encontros para mais uma vez discutirmos soluções para um maior acesso a comunicação pelas massas, não somente como receptores de informação, mas também como agentes ativos, colaborando para sua construção e crescimento. E agora? Que venha em Junho ou Julho o ENECOM – Encontro Nacional de Estudantes de Comunicação / Fortaleza (CE). Abraços.





Cinema: vem aí o 1º Festival Amazônia Doc

19 04 2009
173619doc_2

'O Rapto do Peixe Boi', do paraense Cássio Tavernard, participa da Mostra Competitiva que acontece no Cine Olympia.

Belém vai respirar cinema entre os dias 22 e 26 deste mês. Longas, médias e curtas metragens, filmes de animação, filmes sobre comunidades, movimentos sociais, sobre costumes e identidades diversas invadem a cidade durante o 1º Festival Pan-Amazônico de Documentários – Amazônia Doc, que acontece paralelamente no Cine Olympia, Cine Líbero Luxardo, Instituto de Artes do Pará (IAP), Instituto de Ciências da Arte (ICA/UFPA), Fundação Curro Velho, Estação das Docas e Cine-teatro Maria Sylvia Nunes. A programação, inteiramente gratuita, já está disponível no site do Festival, www.amazoniadoc.com.

Neste período, aportam na capital paraense grandes nomes no cinema brasileiro e internacional – diferentes sotaques, olhares e culturas que durante cinco dias estarão voltados a uma nova maneira de pensar a Amazônia. Discutindo temáticas de cunho socioambiental, o 1º Amazônia Doc deve promover um grande panorama da produção audiovisual nessa macro-região que alcança nada menos que oito países da América do Sul – Brasil, Colômbia, Guiana Francesa, Venezuela, Suriname, Equador, Peru e Bolívia.

Nesta primeira edição, o Amazônia Doc vai contar com um júri internacional formado por sete membros. Eles serão responsáveis por decidir quem leva o Grande Prêmio “Augusto Ruschi”, que consiste na quantia de R$ 15 mil e mais o troféu “Amazônia”, entregues ao maior destaque dentre as produções apresentadas. A homenagem a Ruschi (1915 – 1986) não poderia ser mais cabida. Patrono da ecologia no Brasil, o cientista, agrônomo e naturalista dedicou sua vida à defesa veemente da natureza.

Durante a noite de encerramento do Festival, ainda será anunciado o nome do Homenageado Especial e a entrega de outros seis prêmios: Troféu “Amazônia Ouro” para o melhor longa-metragem; Troféu “Amazônia Prata” para o melhor média-metragem; Troféu “Amazônia Bronze” para o melhor curta-metragem; Troféu “Amazônia Arara Azul” para o melhor filme etnográfico; Troféu “Amazônia Peixe-Boi” para melhor técnico local, em votação secreta realizada pelo coletivo de audiovisual sob coordenação da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas do Pará (ABDeC-Pa); e Troféu “Amazônia Aruanã” para o melhor filme escolhido pelo júri popular, em votação secreta por um colégio eleitoral formado pelas platéias.

Serviço: O 1º Amazônia Doc acontece entre 22 e 26 de abril – de quarta a domingo – nos cinemas do IAP, Líbero Luxardo (Centur), Maria Sylvia Nunes (Estação das Docas) e Olympia. Inscrições gratuitas abertas para os seminários, workshops e oficinas paralelas. Confira a programação completa em www.amazoniadoc.com e ainda pelo telefone (91) 3243-1782.

(Ascom/ Amazônia Doc)

Fonte: Conteúdo transcrito na integra com imagem do site de notícias do Diário do Pará.

http://www.diariodopara.com.br/noticiafull.php?idnot=39389