Ética na comunicação

17 07 2009

Por Ramon Kenny (2º Semestre – FAPAN – CSPP)

Ética…

Em meio aos atos secretos, em meio ao “tô me lixando pra opinião pública”, vamos vendo exemplos do que é não ter ética. E o quer seria essa tal de ética, na comunicação, por exemplo?

A comunicação deve ser compreendida, antes de tudo, como uma necessidade, pois se temos fome, buscamos alimento, se estamos sentindo alguma dor, procuramos um médico. E é o ato de se transmitir, passar informação, ideias, desejos, anseios, e tudo mais que quem emite a mensagem queira passar a quem vai recebê-la. Mas e a ética, entra em que momento? A meu ver, na veracidade das informações que você vai repassar (ou tentar) para seu receptor ou receptores. Agora eu jogo a pergunta mais direcionada pra você que lê: existe ética nos meios de comunicação da nossa capital?

Como diria meu camarada Einstein, relativo… relativo. Aqui na Cidade das mangueiras existem dois grandes grupos políticos, o grupo ‘O’ e o grupo ‘J’ (óbvio né!?) e uma mesma informação é passada de forma diferente nos dois meios: seria isso ético? falta de ética? ou simplesmente é pra atender aos interesses de cada grupo, de modo a continuarem sua hegemonia regional? Haveria, olhando por outro lado um dado ‘agendamento’ no enfoque as notícias por cada grupo, de modo que sempre sejam esses grupos que dominem os meios de comunicação da capital (jornais, rádios, tv’s) e mantenham este domínio? Existindo assim, uma espécie de acordo quanto à linha de atuação de cada empresa, de modo a manter suas receitas?

Agora falando sobre as grandes redes que detém os meios de comunicação nacional, será que também eles fazem isso? E se fazem, será que é ético?

Bem, eu considero que pra ser ético, antes de tudo, precisa ter caráter, e entenda-se caráter por assumir o que pensa o que faz, e respeitar a opinião contrária, e assumir os próprios atos.

Bom, tem muitas colunas que jornalistas escrevem e não assinam, só pra dar exemplo e não me alongar, eu não preciso dizer o que eu penso né? E você? Antes de querer ser esclarecedor, eu quero é provocar debates, confronto de ideias, de pontos de vistas, afinal, não sou dono da verdade, mas acredito que através de debates podemos chegar em um lugar próximo não de definir o que ética,mas de buscarmos meios de comunicação com atitudes éticas.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: